10 de ago de 2008

Homecoming, by Matthews Grahan, 2011.

Sol ergue do horizonte.
Queria que todos os lugares fossem aqui,
Único momento.
Instante em que tenho a sensação,
De todos os seres em paz.
Momento em que tudo parece calma,
Silêncio, beleza.
E neste instante posso adormecer,
E sonhar que todas as pessoas sonham o mesmo sonho,
Sobre o nascer do sol num céu multicor.
Amanhece o dia,
Acordo assustado.
O firmamento enfumaçado,
Nuvens negras,
Barulho, atrito, sufoco.
E eu, só
Diante do caos me silencio.
E eu, acordado
Volto e revolto a dormir.
E sonhar, distante daqui
Perdido universo só meu.

Nenhum comentário: